A ELETRICIDADE: COMO FUNCIONA?

A Eletricidade:
como funciona?

A carregar...

* Módulo pedagógico elaborado pela Commission de Régulation de l’Énergie (regulador francês de energia), adaptado pela ERSE.

Centrais hidroelétricas

As centrais hidroelétricas, ou «barragens», utilizam a energia hídrica para a produção de eletricidade. Em 2016 representava 28% da eletricidade produzida em Portugal. Esta proporção pode variar anualmente, dependendo dos níveis de pluviosidade.

Painéis solares

Os painéis solares permitem transformar a energia da luz do sol em energia elétrica. Em 2016, representava 1,4% da eletricidade produzida em Portugal.

Centrais termoelétricas

As centrais termoelétricas utilizam a combustão do petróleo, carvão e gás natural para a produção de eletricidade. Em 2016, o carvão e o gás natural representavam cada um 21% da eletricidade produzida em Portugal.

Parques eólicos

As turbinas eólicas transformam a energia do vento em eletricidade. Em 2016, representava 22% da eletricidade produzida em Portugal.

Centrais nucleares

As centrais nucleares utilizam a energia libertada pela cisão dos núcleos dos átomos de urânio para a produção de eletricidade. Portugal não tem centrais nucleares.

Linhas de muito alta tensão (MAT)

As linhas de muito alta tensão são uma das componentes da rede de transporte, juntamente com as linhas de alta tensão. A sua função é transportar a corrente elétrica ao longo de distâncias muito grandes. A tensão dessas linhas é muito elevada: 150 000 V, 220 000 V ou
400 000 V.

Transformador de muita alta tensão (MAT) para alta tensão (AT)

Os transformadores de muita alta tensão para alta tensão estão localizados na intersecção entre a rede de transporte (longa distância) e a rede de distribuição. O seu objetivo é converter a eletricidade de muita alta tensão em alta tensão, para que possa subsequentemente ser distribuída aos utilizadores domésticos e às pequenas empresas.

Linhas de média tensão (MT)

As linhas de média tensão são uma das componentes da rede de distribuição, juntamente com as linhas de baixa tensão. O seu objetivo é transportar a corrente elétrica até ao centro das zonas de consumo e abastecer diretamente determinadas empresas. A tensão das linhas de média tensão situa-se nos 10 000 V, 15 000 V ou
30 000 V.

Linhas de alta tensão (AT)

As linhas de alta tensão são uma das componentes da rede de distribuição, juntamente com as linhas de media tensão. O seu objetivo é transportar a corrente elétrica ao longo de grandes distâncias e, por vezes, abastecer diretamente algumas empresas de grandes dimensões. A tensão nessas linhas de alta tensão é muito elevada: 60 000 V.

Transformador de média tensão (MT) para baixa tensão (BT)

Os transformadores de média tensão para baixa tensão estão localizados na intersecção das linhas de média tensão com as de baixa tensão. O seu objetivo é reduzir a corrente elétrica para que possa ser subsequentemente distribuída aos consumidores domésticos.

Linhas de baixa tensão (BT) ou rede de distribuição

As linhas de baixa tensão são uma das componentes da rede de distribuição. Situadas no ponto mais a jusante das redes de transporte e distribuição, têm por objetivo transportar a corrente elétrica até ao consumidor final (consumidores domésticos ou pequenas empresas). A tensão destas linhas situa-se normalmente nos 230 V ou 400 V.

Contador elétrico

Instalado nos locais de consumo (habitações ou empresas), os contadores permitem ao consumidor conhecer o seu consumo discriminado por períodos temporais e, aos fornecedores de eletricidade, a realização de leituras para a faturação da energia consumida.

Grandes empresas

Nalguns casos, as grandes empresas estão diretamente ligadas à rede de transporte. Efetivamente, os consumidores industriais têm necessidade de uma grande quantidade de energia e tensões elevadas para o funcionamento das suas instalações.

Voltar ao início